Detalhes

Coordenação

Professor
Gabriele Sturm

Contato Coordenação
(41) 3155-7107 / (41) 3155-7108
cpgex@faculdadeespirita.com.br

Investimento
R$ 120,00

Coleta seletiva – alternativas para gerenciamento de resíduos.

EMENTA:

  • Introdução à Coleta Seletiva;
  • Classificação dos resíduos;
  • Legislação ambiental;
  • Alternativas para destinação correta dos resíduos;
  • Gerenciamento de resíduos sólidos.

OBJETIVOS:

Objetivo Geral: o curso tem como principal objetivo aprofundar o conhecimento
acerca da coleta seletiva, compreendendo desde conceitos básicos e legislação até
sua importância para preservação do meio ambiente e como alternativa para geração
de renda.

Objetivos Específicos:

  • Compreender conceitos básicos relacionados à coleta seletiva;
  • Compreender a problemática ambiental associada à destinação de resíduos;
  • Compreender os tipos de coleta seletiva e de destinação de resíduos;
  • Identificar e classificar os resíduos;
  • Compreender a legislação relacionada ao tema;
  • Repensar alternativas para destinação correta dos resíduos.

 

AULA 1 – Introdução à Coleta Seletiva (2h)
– Importância da coleta seletiva
– Principais definições
– Problemática ambiental relacionada ao tema
– Geração de renda por meio da coleta seletiva
 

AULA 2 – Classificação dos resíduos (2h)
– Tipos de materiais descartados
– Classificação segundo a Lei 12.305/ 2010 e a NBR 10004/ 2004
– Tempo de decomposição dos resíduos
– Diferença entre aterro sanitário, aterro controlado e lixões

AULA 3 – Legislação (2h)
– Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/ 2010)
– NBR 10004/ 2004
– NBR 10005/ 2004
– NBR 10006/ 2004
– NBR 10007/ 2004

AULA 4 – Alternativas para destinação correta (2h)
– Princípio dos “Rs”
– Ordem de prioridade na gestão de resíduos
– Logística Reversa
– Destinação de resíduos orgânicos

AULA 5 – Gerenciamento de resíduos sólidos (2h)
– Plano Nacional de Resíduos Sólidos
– Planos Estaduais de Resíduos Sólidos
– Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos
– Plano de Gerenciamento de Resíd

O curso de extensão universitária será ministrado na categoria Ensino à Distância  (EaD), de forma que é essencial que seja utilizado um material didático completo e defácil entendimento, uma vez que o acompanhamento da professora será remoto.
A metodologia e estratégias de aprendizado envolvem a exposição teórica do conteúdo programático por meio de slides, demonstração de exemplos práticos que facilitam a assimilação do tema, reforço do conteúdo por meio de exercícios com apoio
por parte da professora e complementação com as bibliografias disponibilizadas e vídeos. A professora fará o acompanhamento através do e-mail e contato pessoal.

Aulas à distância, utilizando material didático online, o que demanda que o aluno possua computador com acesso à internet. Alguns materiais didáticos de apoio são em inglês.

Básicas:
BRASIL. Lei nº 12.205, de 02 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional dos Resíduos Sólidos.
Diário Oficial da União, Brasília, DF, 2010.
Abramovay, R.; Speranza, J. S.; Petitgand, C. Lixo zero: gestão de resíduos sólidos para uma
sociedade mais próspera. São Paulo: Planeta sustentável, Instituto Ethos, 2013. Disponível em:
<https://www3.ethos.org.br/wp-content/uploads/2013/09/Residuos-Lixo-Zero.pdf>.

Complementares:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10004: Resíduos sólidos –
Classificação. Rio de Janeiro, 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10005: Procedimento para obtenção de
extrato lixiviado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro, 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10006: Procedimento para obtenção de
extrato solubilizado de resíduos sólidos. Rio de Janeiro, 2004.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10007: Amostragem de resíduos
sólidos. Rio de Janeiro, 2004.

ABRELPE – Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. Panorama
dos Resíduos Sólidos no Brasil. 2016.

Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos – Sinir. Diagnóstico do
manejo de Resíduos Sólidos Urbanos no Brasil. Disponível em: <https://sinir.gov.br/>.

Profissionais da área ambiental, estudantes de Biologia, Engenharia Ambiental, Engenharia Florestal, Gestão ambiental, entre outros, ou pessoas que atuem ou tenham interesse de atuar na área.

Professora: Gabriele Sturm


Mini Currículo: Graduada em Engenharia Ambiental pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 2015, atuou durante dois anos como responsável pela implantação e manutenção do Sistema de Gestão Ambiental e Certificação ISO 14001 em uma
empresa do ramo educacional, desenvolvendo atividades como elaboração de procedimentos e metas, planos de ação, acompanhamento de indicadores, treinamentos e comunicação e acompanhamento de auditorias. Também atuou em
projetos relacionados à poluição sonora, sendo eles “Avaliação acústica no ambiente construído”, “Avaliação da poluição sonora ambiental devido ao tráfego rodoviário e ferroviário” e “Avaliação acústica em academias de ginástica”. Em 2017, especializouse em Educação para Sustentabilidade pelo Centro Universitário Senac/SP e, atualmente, está cursando o Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), no qual está desenvolvendo a
pesquisa sobre Economia Circular no ramo alimentício, em paralelo à Avaliação do Ciclo de Vida do mesmo.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9570177110012401

Compartilhar

Faça sua inscrição para os cursos de Extensão